❝Apesar do quase completo desconhecimento acerca do seu estatuto real e estado atual, a pescaria de caranguejos nos sistemas estuarinos e lagunares constitui potencialmente uma importante atividade sócio-económica, praticada tanto por pescadores profissionais como amadores❞

Estudo da ecologia, biologia e dinâmica populacional dos pequenos caranguejos com interesse comercial existentes ao longo da costa Portuguesa: contributo para a regulamentação e gestão sustentada da pequena pesca e apanha de pequenos caranguejos (Projeto: CRUSTAPANHA)

Projeto CRUSTAPANHA (Projeto n.º 16-01-04-FMP-0005)

Pretende-se, com o presente projeto promover a gestão sustentada da apanha de caranguejo numa perspetiva integrada.

A Universidade do Algarve lidera um projeto MARE2020 na área da Proteção e Restauração da Biodiversidade e dos Ecossistemas Marinhos (Portaria nº118/2016, de 29/04). O projeto CRUSTAPANHA: Estudo da ecologia, biologia e dinâmica populacional dos pequenos caranguejos com interesse comercial existentes ao longo da costa Portuguesa: contributo para a regulamentação e gestão sustentada da pequena pesca e apanha de pequenos caranguejos (CRUSTAPANHA) insere-se no Artigo 4.º alínea c) Contribuição para uma melhor gestão ou conservação dos recursos biológicos marinhos.

Apesar do quase completo desconhecimento acerca do seu estatuto real e estado atual, a pescaria de caranguejos nos sistemas estuarinos e lagunares constitui potencialmente uma importante atividade sócio-económica, praticada tanto por pescadores profissionais como amadores

Os trabalhos multidisciplinares a desenvolver neste projeto implicam estudos científicos e a colaboração de profissionais do sector (Associações de pescadores e de produtores), que visam obter informação sobre diversos aspetos da biologia, ecologia, pesca e interação pesca-ambiente no que refere aos pequenos caranguejos capturados nas zonas estuarinas e lagunares em Portugal (Ria Formosa, Ria de Alvôr, Estuário do Tejo, Estuário do Sado e Ria de Aveiro).

Neste projeto 3 espécies de caranguejos serão estudadas: Carcinus maenas (nome comum: caranguejo verde ou mouraceiro), Afruca tangeri (cavalete ou caranguejo violinista) e Eriphia verrucosa (caranguejo da pedra).

Afruca tangeri fêmea (nome comum: Cavalete)
Caranguejo Cavalete na zona Intertidal da Ria Formosa
Porto de pesca da Carrasqueira – Rio Sado
Covos para captura de caranguejos
Reunião de colaboradores do projecto